Pular para o conteúdo principal

Vem cá, eu te conheço?

Nas últimas décadas o termo design se tornou muito popular no país. Isso ajudou os profissionais da área, dando mais evidência ao seu trabalho. No entanto, a profissão de Designer continua rodeada de falsos conceitos. As pessoas ignoram ou confundem as atividades de um designer, normalmente com o trabalho de um ilustrador, engenheiro, arquiteto, artista plástico ou qualquer profissional envolvido com arte e projetos.

O profissional de design é um enigma para a sociedade. Não é fácil ser um profissional com uma estigma enigmática. A sociedade sabe o que é um médico, um advogado ou um músico (pelo menos não os confundem). Como nossa profissão é relativamente nova no país e o termo design é usado de forma errada, o verdadeiro profissional não é visto de forma correta.
A maioria dos designers já passaram pela situação em que alguém o pergunta o que ele faz e tiveram dificuldade em deixar tudo claro.

O estudante de design, no princípio de suas atividades, já têm suas primeiras experiências desgastantes perante à ignorância em relação ao design. A propósito, muitos dos que ingressam nas faculdades de Desenho Industrial e Design não tem conhecimento do panorama da profissão em relação aos seus deveres e direitos. Nem boa parte dos formados, infelizmente. A verdadeira situação do designer como profissão é que não é regulamenta por lei.

Acontece que a busca pelo direito da regulamentação da profissão no Brasil já existe desde o início dos anos 80 e muito pouco tem sido feito pelo Congresso Nacional. A parte boa da história é que alguns profissionais e associações de design do país tem realizado alguma coisa.

Regulamentação do Design.

ADEGRAF (Associação dos Designers Gráficos do Distrito Federal), por exemplo, possui um material que tem o objetivo de esclarecer o processo de regulamentação, além de apresentar o panorama atual do design no país e concientizar o profissional sobre as atividades da causa.

Acesse o link e confira. Vale para todos.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Compartilhe conhecimento

Você já deve ter ouvido muitos discursos sobre o conhecimento e como é importante que você o compartilhe. Mas você já parou para pensar no por quê? Algo tão valorizado, que pode fazer com que você se sobressaia entre outros, precisa ser distribuído? Sim. Então, por quê?

Além do fator altruísta, compartilhar conhecimento terá um grande impacto em seu crescimento pessoal e profissional. E, claro, no crescimento das outras pessoas também. Compartilhar faz com que você busque cada vez mais o enriquecimento de sua cultura.



Não importa se você é um subordinado, um chefe, uma dona de casa, um avô, um irmão, um amigo, um faxineiro ou um engenheiro. Sem dúvida, você deve compartilhar conhecimento. E mais, valorize quem o faz.

Há mais de 2 anos, eu fiz uma lista de programas e sites com recursos que costumam me ajudar muito em diversas situações, especialmente no trabalho. Depois de compartilhar com alguns amigos através do Google Drive (Docs), resolvi compartilhar publicamente. Eu sei que essa…

Teste sua criatividade em 5 etapas

O que você faz para estimular sua criatividade? Alguns procuram ler sobre um determinado tema e há quem prefira apenas relaxar. Tudo isso funciona, de algum modo. A seguir, você verá 5 formas de desafiar sua capacidade criativa, de modo bem fácil, sem a necessidade de métodos complexos.

1 - Usos alternativos
Criado pelo psicólogo J.P. Guilford, em 1967, o Teste de Uso Alternativo propõe que você pense em quantas utilidades são possíveis para um determinado objeto, como uma cadeira, tijolo ou caneca. Veja esse exemplo, utilizando um clipe de papel:

Segurar papéis;Miniatura de trombone;Brincos; Marcador de livro; Manter fios enrolados; Abrir drive de CD/DVD pelo orifício de segurança. 
Perceba que o teste mede a divergência de pensamento através de 4 categorias:

Fluência: quantidade de possibilidades;Originalidade: quão incomuns são os usos;Flexibilidade: áreas de abrangência (brinquedo, acessório, ferramenta);Elaboração: nível de detalhe nas respostas
Tente você agora. O que você pode fa…

Desenhando Metal - Homem de Ferro

Como desenhar superfícies metálicas.
How to draw metal surfaces.


Desenho, Metal, Iron Man, Homem de Ferro.Visite o canal doisDI Desenhando.