Pular para o conteúdo principal

7 Tipos de Bloqueio Criativo


Bloqueios criativos costumam dar dores de cabeça para profissionais criativos, principalmente para aqueles que dependem de sua criatividade para pagar suas contas e construir sua carreira e reputação. Não estamos livres dessa situação de bloqueio, então o que fazer nesses casos?

Primeiro entenda que há diferentes tipos de bloqueio e diferentes soluções. A seguir, os 7 tipos de bloqueios criativos e suas soluções:

1. O bloqueio mental
É a comum armadilha de nossa mente, quando procuramos alternativas para uma questão e ficamos presos àquela opção genérica e que nos parece mais familiar. Sua autocrítica pode para também e seu pensamento não vai adiante.

Solução: Mude o modo de pensar. Faça a pergunta "E se...?" e procure por novas perspectivas. Vá a um local novo e diferente ou leia/assista/ouça algo novo. Conversar com outras pessoas de confiança também ajuda.

2. A barreira emocional
Criatividade pode ser intensa e exaustante e encarar o desconhecido pode assustá-lo. O assunto enfrentado pode ser esquisito ou embaraçoso e todos esses receios serão resistência à criatividade, provavelmente resultando em procrastinação.

Solução: Você tem que enfrentar, não tem jeito. Várias coisas ajudam, como um sistema de rotina. É como entrar em uma piscina fria: você pode pular de cabeça ou entrar devagar. Será doloroso de alguma forma, mas fazê-lo vai colocá-lo no fluxo e você vai se surpreender como se sentirá bem.

3. Hábitos de trabalho que não funcionam
Pode acontecer de seu modo de trabalho não estar de acordo com seu processo criativo. Interferências, períodos, cargas horárias, falta de estímulo e outros pontos mal resolvidos prejudicam seu desempenho.

Solução: Resolva esses problemas, procurando soluções para esses fatores que o atrapalha. Falta energia? Procure trabalhar em outro horário. Muitas interrupções e emails? Crie sistemas para lidar com isso. Não há regra rígida, basta procurar um modo de trabalho que funciona para você.

4. Problemas pessoais
Foco é essencial para a criatividade. E obviamente é difícil se concentrar se você estiver passando por problemas pessoais como divórcio, educação dos filhos, vícios, brigas, luto, contas a pagar e outros.

Solução: Você pode resolver seu problema ou encontrar uma forma de lidar com ele de forma eficiente. Procure ajuda especializada ou apoio de amigos e familiares. Se for preciso, faça uma pausa curta do trabalho para resolver o problema e voltar às atividades sem preocupação. Seu trabalho também pode servir como refúgio, deixando seus problemas de lado. Muitas vezes isso até ajuda a resolver seu problema pessoal de outra forma.

5. Pobreza
Não somente de dinheiro, mas a pobreza de tempo, conhecimento, equipamento e rede de contatos prejudicam a criatividade.

Solução: Economize ou faça de sua necessidade uma virtude, desafiando sua capacidade criativa. Lembre-se das duas trilogias de Star Wars e avalie se mais recursos equivale mesmo a mais criatividade.

6. Opressão
Às vezes a criatividade sofre pelo grande volume de trabalho, compromissos e informações recebidas. Há muitas obrigações que deixam você exausto.

Solução: Faça cortes. Comece a dizer "não". Se você tem muitas ideias, execute algumas e reserve as demais para depois. Busque foco e evite interrupções, como um período sem atender telefones e verificar emails.

7. Falha na comunicação
Falhas acontecem entre pessoas e entre orelhas. Tensão em trabalho em grupo é inevitável e vai dificultar que você se empenhe. A falha também ocorre quando você não tem contato com a opinião de quem avalia seu trabalho.

Solução: Você precisa influenciar as pessoas, por mais difícil que seja. Melhore suas habilidades de comunicação. Se você quer sucesso, precisa vencer a timidez. É importante lembrar que não há como agradar a todos o tempo todo. Saiba lidar com as críticas.


Fonte: The 99% - Types-of-Creative-Block - Mark McGuinness

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Compartilhe conhecimento

Você já deve ter ouvido muitos discursos sobre o conhecimento e como é importante que você o compartilhe. Mas você já parou para pensar no por quê? Algo tão valorizado, que pode fazer com que você se sobressaia entre outros, precisa ser distribuído? Sim. Então, por quê?

Além do fator altruísta, compartilhar conhecimento terá um grande impacto em seu crescimento pessoal e profissional. E, claro, no crescimento das outras pessoas também. Compartilhar faz com que você busque cada vez mais o enriquecimento de sua cultura.



Não importa se você é um subordinado, um chefe, uma dona de casa, um avô, um irmão, um amigo, um faxineiro ou um engenheiro. Sem dúvida, você deve compartilhar conhecimento. E mais, valorize quem o faz.

Há mais de 2 anos, eu fiz uma lista de programas e sites com recursos que costumam me ajudar muito em diversas situações, especialmente no trabalho. Depois de compartilhar com alguns amigos através do Google Drive (Docs), resolvi compartilhar publicamente. Eu sei que essa…

Teste sua criatividade em 5 etapas

O que você faz para estimular sua criatividade? Alguns procuram ler sobre um determinado tema e há quem prefira apenas relaxar. Tudo isso funciona, de algum modo. A seguir, você verá 5 formas de desafiar sua capacidade criativa, de modo bem fácil, sem a necessidade de métodos complexos.

1 - Usos alternativos
Criado pelo psicólogo J.P. Guilford, em 1967, o Teste de Uso Alternativo propõe que você pense em quantas utilidades são possíveis para um determinado objeto, como uma cadeira, tijolo ou caneca. Veja esse exemplo, utilizando um clipe de papel:

Segurar papéis;Miniatura de trombone;Brincos; Marcador de livro; Manter fios enrolados; Abrir drive de CD/DVD pelo orifício de segurança. 
Perceba que o teste mede a divergência de pensamento através de 4 categorias:

Fluência: quantidade de possibilidades;Originalidade: quão incomuns são os usos;Flexibilidade: áreas de abrangência (brinquedo, acessório, ferramenta);Elaboração: nível de detalhe nas respostas
Tente você agora. O que você pode fa…